alt
O Jornal que Registra a Informação pra Você!

Protótipo feito por alunos do curso da Microsoft será desenvolvido no Tecpar

mictecpar

Um dos protótipos criados durante a segunda edição do programa Students to Business (S2B), do Centro de Inovação da Microsoft (MIC), instalado no Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), vai ser transformado em projeto e desenvolvido pelo MIC-Tecpar. O aplicativo vai funcionar como um guia na área de metrologia.

A ideia do protótipo foi levada aos 60 estudantes que participaram da última edição do programa, no final do ano passado, por empresários que puderam propor um desafio aos alunos para que eles criem soluções voltadas ao mercado.

Proposto pelo Paraná Metrologia, o sistema de cálculo de incertezas em medições teve seu protótipo criado durante o programa e agora vai ser desenvolvido no MIC-Tecpar, com aportes da empresa durante o seu desenvolvimento.

CALIBRAÇÃO E CÁLCULO - O sistema, que vai ser desenvolvido com apoio dos especialistas do Centro de Medições e Validação do Tecpar, vai funcionar como um guia de grandezas para que calibrações e cálculos possam ser feitos nas grandezas de temperatura, volume, pH e massa, por exemplo.

Para o coordenador do MIC-Tecpar, Rogério Oliveira, o desenvolvimento do projeto mostra que o programa, que começou no ano passado com duas turmas, está no caminho certo na interação entre iniciativa privada e o centro de pesquisa. “A novidade da última edição do programa foi trazer desafios das empresas para os alunos, para que eles pudessem trabalhar em projetos que atendam a necessidade do mercado e desenvolva suas competências em Tecnologia da Informação. Essa interação começa a dar seu primeiro resultado”, explica.

O projeto deve começar a ser desenvolvido, ainda em março, entre estudantes na área de TI que atuam no MIC-Tecpar e os especialistas do do Centro de Medições e Validação do instituto.

UNIVERSIDADES ESTADUAIS - O S2B tem como objetivo preparar estudantes nas áreas de TI e aproximá-los de oportunidades de emprego e estágio em empresas parceiras. O curso é gratuito e capacita estudantes em duas trilhas – Desenvolvimento de Sistemas e Infraestrutura de TI. Em 2015, 120 alunos participaram de duas edições do programa realizadas pelo MIC-Tecpar.

A Microsoft instalou seu Centro de Inovação no Tecpar em 2013. A novidade do MIC no Paraná, em comparação com os outros centros da empresa instalados no Brasil, é a participação das universidades estaduais. Pela parceria, ficam disponíveis opções de programas e softwares que poderão ser implantadas pelo governo nas áreas de educação, qualificação, inovação e empreendedorismo.

Entre eles estão capacitação básica em tecnologia da informação e design, comunicação instantânea entre alunos e professores, softwares para projetos de alfabetização em informática e desenvolvimento de empresas iniciantes. (AEN)

Comente esta notícia